Os filmes da Pixar têm uma habilidade incrível em deixar plateias do mundo inteiro chorando feito crianças. Com Toy Story 4, a história não é diferente.

Tim Allen, o dublador de Buzz Lightyear, avaliou a história maravilhosa do filme e a maneira como a franquia mudou completamente sua vida.

História incrível

Em uma convenção da Disney, Allen se referiu ao roteiro do filme como “ousado, emocionante e volátil”.


O ator inclusive não teria conseguido terminar de ler o roteiro de uma vez só, pois a história era tão fascinante que ele se obrigava a interromper a leitura.

Josh Cooley, um dos animadores do longa, afirmou que só aceitaria produzir o filme se Allen retornasse ao papel do brinquedo espacial.

Melancolia

Mesmo após afirmar que a franquia Toy Story se envolveu em grandes momentos de tristeza de sua vida, Allen dominou a coletiva de imprensa que contou também com a presença de Keanu Reeves e Christina Hendricks.

“Ele sempre foi maravilhosamente ignorante sobre quem era, sobre ser um brinquedo. A sua transição sempre foi ‘Okay, isso foi um momento terrível para mim, hora de reagrupar’. No seu coração, ele sempre foi esse cara sensível e autêntico”, afirmou o dublador.

Mesmo trabalhando com outros atores e dubladores, Allen também declarou uma certa possessividade sobre Buzz Lightyear.

“Eu adoro trabalhar com outros atores. No entanto, com dublagens, a responsabilidade é do diretor. Eles despertam isso em você, tentam deixar tudo dessa maneira. E cara, eles honram esse processo quando te deixam apenas descobrir quem o Buzz é. Mas eu cheguei em um ponto de dizer “Buzz não diria isso’. Estou dizendo para as pessoas que criaram esse personagem que ele não se comportaria de determinada maneira”, afirmou o ator.

Toy Story 4 está em exibição nos cinemas.