Com bom humor, a espontânea Miley Cyrus revelou, durante entrevista a Jimmy Fallon, que resolveu para de fumar maconha. “Ninguém nunca morreu de maconha, mas ninguém fumou tanto quanto eu”, disse a artista.

“Lembra a última vez em que eu estive aqui (no programa de Fallon)? Eu estava vestida como uma coelhinha e depois como uma gata. Há uma razão para isso: eu estava chapada”.

Na entrevista, ela declarou que decidiu dar um tempo com a maconha porque queria estar inteiramente focada no novo álbum, que ela definiu como o mais importante de sua carreira. Já foram divulgados dois singles: Malibu e Inspired – este último lançado no Mês de Orgulho LGBT.


Ela revelou ainda um curioso pesadelo, em que morre por excesso de maconha. “No sonho, eu morria durante meu monólogo no SNL por alguma razão. Eu simplesmente ficava tão chapada que morria. Então, procurei no Google, e isso nunca aconteceu (alguém morrer por overdose de maconha)”.