O filme Em Ritmo de Fuga, conhecido também pelo título original Baby Driver, foi um grande sucesso do meio do ano, arrecadando mais de US$ 226 milhões nas bilheterias mundiais.

Foi também um dos últimos filmes lançados com o ator Kevin Spacey no elenco antes da explosão das acusações de assédio sexual contra ele, e o colega de elenco Jon Bernthal (hoje mais conhecido como o Justiceiro da Marvel TV) confirma que o comportamento de Spacey no set não foi nada agradável.

“Quando fui trabalhar com ele, era um grande fã, mas foi uma enorme decepção para mim. Eu não filmei por muitos dias nesse projeto, mas quando estava lá o comportamento dele foi realmente ruim”, disse à rádio SiriusXM.


“Eu descreveria o comportamento como bullying. Eu realmente não gostava da forma como ele tratava as outras pessoas no set, os atores e a equipe”, contou ainda.