O chefe de polícia de Los Angeles (EUA), Charlie Beck, conversou com o LA Times sobre as denúncia recebidas pelo departamento desde as primeiras acusações de assédio contra Harvey Weinstein levantadas por mulheres em matérias do The New Yorker e do The New York Times.

Visto que os estúdios de Hollywood se localizam em Los Angeles, Beck contou que o departamento de polícia já recebeu inúmeras denúncias e atualmente tem 28 investigações abertas relacionadas a assédio sexual no negócio do cinema.

“Antecipamos que esse número vá crescer na Polícia de Los Angeles e em outras jurisdições”, contou ainda. “Encorajamos todas as vítimas de assédio sexual a se levantaram e reportarem esses crimes”.


O chefe de polícia ainda contou que a maioria das investigações são de casos ocorridos há muito tempo, e que por isso ele autorizou a participação de detetives do departamento de “arquivo morto” da polícia, acostumados a lidar com casos antigos.