O ator Dustin Hoffman enfrenta uma segunda acusação de assédio sexual após a denúncia de uma ex-produtora que contou sua história passada em 1985 em reportagem publicada na quarta (01).

Dessa vez, quem denunciou o ator à Variety foi a roteirista Riss Gatsiounis, que disse ter trabalhado com Hoffman em um projeto que nunca deu frutos, uma adaptação para o cinema de sua peça A Darker Purpose, em 1991.

Gatsiounis diz que sua primeira reunião com Hoffman para o projeto demonstrou que o ator não estava interessado em uma parceria profissional. “Ele me perguntou se eu já tinha sido ‘íntima’ de um homem acima de 40 anos. Eu nunca vou me esquecer, porque depois disso ele deu um passo para trás, abriu os braços e disse: ‘Seria um corpo novo para você explorar”, conta.


“Ele me pediu para ir comprar roupas com ele no shopping, e eu disse não. Depois disso, Hoffman foi embora da reunião subitamente e Schisgal [Murray, roteirista que trabalharia na adaptação] acabou me dizendo que eles não estavam realmente interessados em meu trabalho, que minha peça era muito sombria para eles”, disse ainda.