Uma recente investigação pelo estado de Nova York contra a Weinstein Company revelou diversos casos de abuso e violações dos direitos humanos na empresa, segundo o The Wrap.

Graças a isso, um grupo de advogados do estado de Nova York está começando um processo judicial contra a Weinstein Company e seus fundadores, os irmãos Harvey Weinstein e Bob Weinstein.

O processo realizado pelo estado também prejudicou a venda da empresa, que deveria ter sido fechada neste final de semana.


A Weinstein Company tem sofrido diversos problemas após as acusações de assédio sexual contra Harvey Weinstein. Uma das últimas mulheres a acusar o mega produtor foi Uma Thurman, a quem o produtor alega que irá processar.