O filho mais velho do falecido presidente de Cuba, Fidel Castro, cometeu suicídio nessa quinta (01) aos 68 anos.

Fidel Castro Díaz-Balart, nomeado em homenagem ao pai, teve a morte confirmada pelo site CubaDebate. Ele era um cientista nuclear empregado pelo governo.

Díaz-Balart, o mais velho dos nove filhos de Castro, sofria de “severa depressão” e chegou a passar meses internado em um hospital psiquiátrico.


Em 1954, a mãe de Díaz-Balart o levou consigo para os EUA, mas Castro conseguiu trazê-lo de volta a Cuba após a revolução de 1959.

Do satírico ao sério, 5 vezes que Fidel Castro foi retratado na TV e no cinema