Bill Cosby parece ter resolveu em partes o problema que tinha com ex-jogador de basquete Andrea Constand, que alegava que o polêmico comediante a havia estuprado entre dezembro de 2003 e 2004.

Segundo o Radar Online, um acordo foi feito entre as duas partes e Cosby pagou US$ 3,5 milhões (R$ 11 milhões) a Costand. O objetivo do acordo é diminuir em até 10 anos a pena que o ator terá no julgamento por vários acusações de abuso sexual.

No começo do ano, Cosby chegou a entrar com duas ações para que as acusações de Constand fossem retiradas antes do seu julgamento.


Em depoimento, Constand teria dito que em seu encontro com Cosby, “minha visão ficou embaçada e eu quase não conseguia falar. Eu fiquei congelada e paralisada enquanto ele tocava nos meus seios e colocava as mãos por baixo das minhas calças”.