A família do DJ Avicii disse em novo pronunciamento, divulgado nessa quinta (26), que ele “lutava contra a vida e não poderia continuar por mais tempo”.

A família disse ainda que Tim Bergling, seu nome de batismo, “lutava com pensamentos sobre o Sentido, a Vida, a Felicidade e queria encontrar paz”.

“O nosso amado Tim estava sempre em busca de algo, uma alma artística frágil procurando por respostas para perguntas existenciais. Um perfeccionista acima da média que viajou muito e trabalhou duro num ritmo que levou ao estresse extremo. Quando ele parou de fazer turnês, ele queria encontrar equilíbrio na vida para ser feliz e ser capaz de fazer o que ele mais amava: música”, escrevem.


Família de Avicii agradece homenagens dias após morte do DJ

A polícia de Omã, cidade na qual o corpo do DJ foi encontrado, está investigando a morte de Avicii, mas desconsiderando qualquer hipótese de crime.

Segundo relatos da Variety, “não há suspeitas de crime” em torno da investigação policial, de modo que as causas da morte do artista continuam um mistério.

Neste sábado (21), a namorada do cantor postou um texto emocionante no Instagram (veja aqui).