Lena Headey, conhecida como a Cersei Lannister de Game of Thrones, se abriu sobre sua luta contra a depressão em aparição no programa Running Wild ao lado do apresentador Bear Grylls.

“É como se existam certas coisas, certos problemas, sobre os quais é bacana falar, e todo mundo te aplaude se você fala. Enquanto isso, sobre outros problemas as pessoas te demandam silêncio, e isso não é bom”, contou ela.

Emilia Clarke vai marcar fim de Game of Thrones com tatuagem de dragão


“Eu sinto que, se você não fala sobre a depressão com alguém, você não se conecta, e a isolação aumenta. É importante não se isolar. Eu aprendi, com o passar dos anos, que é preciso aceitar a depressão e falar sobre ela”, disse ainda.

“Winston Churchill dizia que a depressão é como um grande cachorro negro sentado ao seu lado, que aparece lá de vez em quando. Eu aprendi que negar e dizer que está tudo bem não funciona. Você precisa se sentar com ele e conversar”, completou.

Headey rertorna a Game of Thrones em 2019, quando a série exibirá sua oitava e última temporada.