Allison Mack se apresentou nesta sexta-feira (27) em uma corte para o julgamento do caso que envolve um culto de escravidão sexual. Mack, conhecida por Smallville, seria uma das lideranças do grupo ao lado de Keith Raniere.

Tanto Mack como Raniere afirmaram em corte que são inocentes. O mesmo testemunho foi feito pelas co-fundadoras do culto, Nancy Salzman e Clare Bronfman. O Toronto Sun ainda noticiou que aparentemente, apenas Mack e Bronfman se conheciam, já que foram as únicas que se cumprimentaram e conversaram antes do julgamento.

Culto liderado por atriz de Smallville suspende operações após sua prisão


O caso ainda deve ter mais passos na justiça. Mais informações não foram reveladas.

O quarteto pertence ao grupo NXVIM, acusado de escravidão sexual, trabalho escravo e tráfico sexual. Mack e Raniere chegaram a ser presos. A atriz pagou uma fiança de R$ 17 milhões para responder aos crimes em liberdade.