Chandra Wilson, a Miranda Bailey de Grey’s Anatomy, passou por uma situação complicada quando descobriu que sua filha, Sarina McFarlane, tinha uma doença misteriosa.

Com sintomas como vômito, náusea e dores abdominais intensas, a filha de Chandra Wilson ficou 10 meses doente até a família encontrar um médico que desvendou a doença.

“Apresentou-se como um verdadeiro caso grave de intoxicação alimentar. Não foi embora por quatro ou cinco dias, por isso fomos ao pronto-socorro. Um mês depois, exatamente os mesmos sintomas voltaram e isso se repetiu mês após mês após mês, por 10 meses“, contou a atriz em entrevista ao Good Morning America.


Uma mãe dedicada

A partir daí, a atriz de Grey’s Anatomy teve a iniciativa de anotar e analisar cada vez mais os sintomas da filha, para facilitar um possível diagnóstico.

“Comecei a procurar padrões. Quando você é mãe de alguém que sofre de dor crônica, deve-se criar essas anotações para todas as visitas à hospital, para que possa acompanhar todo o processo e qualquer coisa nova que surja.”, explicou.

No fim, foi descoberto que Sarina tinha síndrome do vômito cíclico (SVC), uma doença neurológica rara que é caracterizada por ataques de náusea e vômito sem nenhum motivo aparente.

Atualmente, Sarina está bem e a rara doença está controlada, mas tudo isso graças ao ímpeto de Chandra Wilson em salvar a vida da filha.

Grey’s Anatomy está na 16ª temporada.