Brad Pitt e Angelina Jolie estão em uma interminável briga nos tribunais. Tudo começou com o divórcio dos famosos, em 2016.

Em 2020, a disputa da vez seria a guarda dos filhos. Informações são de que Brad Pitt quer a guarda compartilhada, enquanto Angelina Jolie ainda quer manter as crianças morando com ela.

Ao Daily Mail, a atriz Jacqueline Bisset, que é madrinha de Angelina Jolie, deu uma declaração rara. As duas são próximas e a atriz de 007 comentou que o divórcio deve ter um final feliz.


O motivo, para a famosa, são os seis filhos do ex-casal: Maddox, de 19 anos, Pax, de 16, Zahara, de 15, Shiloh, de 14, e Knox e Vivienne, de 12.

“Angelina e Brad vão resolver isso eventualmente. Eles dois amam as crianças, então eles vão resolver”, destacou a artista ao jornal.

Angelina Jolie e Brad Pitt não se pronunciaram após a declaração da famosa.

Brad Pitt quer Natal com os filhos

No final de 2020, o astro de Entrevista com o Vampiro está lutando para conseguir passar o Natal junto dos filhos.

Conforme matéria de Riley Cardoza na Us Weekly, que conversou com uma fonte próxima ao ex-casal, as visitas em feriados já foram definidas, quando diz respeito aos filhos de Brad Pitt e Angelina Jolie.

“Os termos das visitas em feriados já foram determinados antes de qualquer julgamento. Brad vai ver as crianças no Natal. A esperança dele é de ampliar esse período, o que resultaria em ter a companhia dos filhos na noite de Natal dessa vez. A decisão será determinada pelo juiz em novembro”.

Uma matéria de Katherine Schaffstall, no The Sun, chegou a falar um pouco sobre o impacto dessa briga judicial nas crianças, com uma fonte próxima ao ex-casal tendo relatado um pouco da situação.

“As crianças estão blindadas disso tudo, mas elas são maduras o suficiente para compreender o que está acontecendo e o Brad fica com o coração partido por elas estarem no centro dessa briga por tanto tempo”.

“Angelina é a mãe mais protetora de todas e insiste que está disposta a ir ao Inferno para proteger as crianças de todos, até mesmo do pai delas, e ela é muito orgulhosa da força e da maturidade que os filhos têm demonstrado durante esse pesadelo todo. São muitos dedos apontados e trocas de acusações”.

Mais capítulos dessa briga entre Angelina Jolie e Brad Pitt devem ser lançados nos próximos meses.