Joaquin Phoenix, que ganhou o Oscar de Melhor Ator por Coringa, teve seu primeiro filho com Rooney Mara. Agora, eles falaram sobre o filho pela primeira vez.

Em matéria publicada na People, o casal de artistas falou sobre como a experiência de ter um filho afeta a percepção de ambos sobre a situação dos filhos de imigrantes nos EUA.

O astro de Coringa e a esposa escreveram sobre as aproximadas 550 crianças que continuam separadas dos pais na fronteira entre os EUA e o México.


“Na semana passada, soubemos que os pais de 545 crianças separadas na fronteira por oficiais da imigração ainda não foram encontrados. O peso desse número é impressionante. Quinhentos e quarenta e cinco crianças”.

“Como novos pais, é insuportável imaginar como seria ter nosso filho tirado de nós por um dia, quanto mais anos. Mas essa é a mesma situação que essas 545 crianças e seus pais têm vivido”, continua o texto.

O filho de Joaquin Phoenix e Rooney Mara recebeu o nome de River, em homenagem ao falecido irmão mais velho do ator de Coringa. Conhecido por Conta Comigo, River Phoenix faleceu após sofrer uma overdose.

Jared Leto retorna como Coringa

O novo corte de Zack Snyder de Liga da Justiça terá uma participação especial de um grande vilão.

Jared Leto, que interpretou o Coringa em Esquadrão Suicida de 2016, juntou-se às refilmagens do “Snyder Cut”, a versão definitiva do cineasta do filme de super-herói de 2017, de acordo com o Hollywood Reporter.

O projeto está sendo supervisionado pelo HBO Max, que está financiando a nova rodada de filmagens e a conclusão de muitas cenas inacabadas, e irá ao ar como uma minissérie de quatro episódios em 2021.

As refilmagens estão em andamento com Ben Affleck, Ray Fisher e Amber Heard. Além da adição de Jared Leto como Coringa em breve, não está claro quais outros atores estarão envolvidos.

Enquanto as refilmagens avançam, dois produtores que estavam envolvidos com o filme para cinema estão silenciosamente se afastando.

Jon Berg e Geoff Johns, então executivos do estúdio que supervisionaram o filme e a refilmagem de Joss Whedon, não receberão créditos como produtores na versão de Zack Snyder de Liga da Justiça.

Fontes próximas a Berg e Johns confirmaram ao Hollywood Reporter a intenção da dupla de remover seus nomes do “Snyder Cut”, uma vez que não trabalharam nesta versão e não são mais executivos do estúdio.

As fontes também disseram que o movimento respeita a visão criativa de Snyder e a sessão de refilmagens em andamento.

Não está claro quando a transição de Berg e Johns começou.

Uma fonte disse que a mudança começou há meses e não está relacionada aos comentários feitos por Fisher, o ator que interpretou Ciborgue no filme e que durante meses acusou os dois de permitirem abusos e má conduta de Whedon no set das refilmagens de 2017.

Depois de declarações explosivas nas redes sociais, mesmo no final de setembro, Fisher se tornou menos intenso sobre o tema e postou sobre ele com menos frequência.

Quanto ao Coringa, Joaquin Phoenix interpretou o vilão num filme solo em 2019. No entanto, a história acontecia num universo alternativo, portanto não afeta o retorno de Leto ao papel.

A versão de Zack Snyder de Liga da Justiça será lançada no HBO Max em 2021.