A cantora FKA Twigs acusa o ex-namorado Shia LaBeouf de abuso sexual. O ator é mais conhecido pelo trabalho na franquia Transformers.

Katie Benner e Melena Ryzik, do The New York Times, afirmam que a cantora, que também já namorou Robert Pattinson, entrou com um processo no tribunal de Los Angeles (EUA). A cantora ainda alega que foi vítima de agressão, abuso moral e emocional.

Cuidado! A partir daqui o texto contém conteúdo sensível!


O processo relata casos em que o ator de Transformers teria agido de forma abusiva com a cantora. O The New York Times relatou uma alegação do Dia dos Namorados de 2019, que nos EUA é realizado em fevereiro.

FKA Twigs diz que os dois estavam em um passeio no deserto quando Shia LaBeouf acordou no meio da noite e agarrou a cantora pelo pescoço. Os dois entraram no carro e o ator de Transformers começou a acelerar e dizer que bateria o carro se não ouvisse que a ex de Robert Pattinson o amava.

Depois da cantora implorar para sair do carro, o famoso parou em um posto de gasolina. FKA Twigs pegou a mochila dela e abandonou Shia LaBeouf.

O acusado, porém, teria perseguido a ex-namorada e a jogado contra o carro, enquanto gritava com ela – como diz o processo. Depois, teria feito FKA Twigs voltar para dentro do veículo.

A agressão teve testemunhas, mas a cantora disse que ninguém quis ajudá-la.

Esse caso está no centro do processo, que estaria trazendo outros momentos de abuso físico, sexual, moral e emocional que o ator é acusado de praticar. A ex de Robert Pattinson também deu uma entrevista para o jornal, comentando o motivo de trazer o fato ao público.

A famosa quer mostrar que mesmo “um ator aclamado com dinheiro, uma casa e uma forte rede de apoiadores pode ser pego em um ciclo como esse”.

“Eu quero trazer consciência para as práticas que abusadores têm para tomar o controle de você”, declarou a cantora. O relacionamento dos dois durou cerca de um ano.

Ator de Transformers responde

A reportagem do New York Times entrou em contato com Shia LaBeouf. O famoso respondeu as acusações – além de comentar também sobre uma segunda ex-namorada que o acusa do mesmo tipo de comportamento.

“Não estou em posição de dizer para alguém como meu comportamento fez elas se sentirem. Eu não tenho desculpas para o meu alcoolismo ou minhas agressões, apenas racionalizações. Eu tenho sido abusivo comigo e com todos ao meu redor por anos. Eu tenho um histórico de machucar as pessoas que se aproximam de mim. Tenho vergonha dessas histórias e peço desculpas a quem machuquei. Não há nada que eu possa dizer”, declarou o ator por e-mail.

De acordo com a matéria, o ator de Transformers também teria passado uma doença sexualmente transmissível para a ex de Robert Pattinson. O famoso ou os representantes dele ainda não responderam especificamente sobre o processo.

O processo traz ainda declarações de outras ex-namoradas e mulheres que tiveram envolvimento com Shia LaBeouf. Entre elas, a da estilista Karolyn Pho, que descreveu situações semelhantes a de FKA Twigs.

Em um e-mail separado, conforme o jornal, Shia LaBeouf respondeu que “muitas alegações não são verdadeiras”. Além disso, destacou que ele deve às mulheres “a oportunidade delas divulgarem suas versões e aceitar a culpa pelas coisas que eu fiz”.

O famoso ainda comentou que fez o programa de 12 passos da sobriedade e passou por terapia. “Não estou curado do estresse pós-traumático e do alcoolismo, mas estou comprometido a fazer o que for preciso para me recuperar e eu sempre me sentirei culpado pelas pessoas que machuquei”, completou ainda Shia LaBeouf.

Histórico polêmico

Antes dessa acusação, o ator de Transformers já possui um histórico de problemas. Shia LaBeouf foi preso algumas vezes por agressão e desordem pública.

A alegação de relacionamento abusivo também não é nova para o ator. Antes de namorar a ex de Robert Pattinson, o famoso esteve com Mia Goth.

Em 2015, um vídeo publicado mostrou Shia LaBeouf brigando com a atriz publicamente. O mesmo homem que gravou a situação teria pego uma carona com o ator, que teria dito para ele: “Se eu tivesse ficado lá, eu teria matado ela”.

Ainda no processo, FKA Twigs relatou que Shia LaBeouf era excessivamente carinhoso no começo do namoro, em 2018. A cantora conheceu ele em Honey Boy, filme autobiográfico do artista.

Porém, a situação teria mudado com o tempo. A cantora e a estilista relatam ciúmes exagerado por parte do ator de Transformers, como quando conversavam com outros homens ou olhavam para eles.

Com o tempo, FKA Twigs teria dito que passou a conversar com homens olhando para baixo. Shia LaBeouf também obrigaria a ex-namorada a tocá-lo e beijá-lo uma certa quantidade de vezes por dia, ao mesmo tempo que criticava a famosa com frequência.

O ator também discutia quando ouvia sobre algum artista que a ex-namorada gostava. Como resultado, atrapalhava o sono dela.

Em casa, em Los Angeles, a cantora teria medo de ir ao banheiro durante a noite porque o ator dormia com uma arma carregada. A solidão teria aumentado quando Shia LaBeouf a convenceu a morar com ele na cidade e não voltar para Londres, na Inglaterra.

Por fim, tentar deixar o ator também se tornou perigoso. Em uma das tentativas, Shia LaBeouf aterrorizou FKA Twigs e a agarrou pelo braço, a levando para outro quarto para brigar com ela – havia uma testemunha no momento.

A ex de Robert Pattinson só passou a planejar a saída com a ajuda de um terapeuta. Agora, FKA Twigs afirma que quer doar uma possível indenização do processo para organizações que cuidam de vítimas de violência doméstica.