Ben Affleck lembrou a forma como sua ex-namorada Jennifer Lopez foi tratada quando eles namoraram há quase 20 anos. O ator participou de um episódio do podcast do Hollywood Reporter para discutir sobre seu mais recente filme, O Caminho de Volta.

Na ampla conversa, Ben também falou abertamente sobre o rompimento do noivado com Jennifer Lopez e quanta mídia negativa ela recebeu enquanto estavam juntos.

“As pessoas eram muito maldosas sobre ela, eram sexistas e racistas. Coisas feias e cruéis foram escritas sobre ela de uma forma que se você escrevesse agora você seria literalmente demitido por dizer aquelas coisas que você disse”, Ben revelou.


Ataque da mídia

O ator continuou: “Agora é como se ela fosse celebrizada e respeitada pelo trabalho que ela fez, de onde ela veio, o que ela realizou – como ela deveria ser!”

“Eu diria que você tem uma chance melhor, vindo do Bronx, de terminar como a juíza Sonia Sotomayor na Suprema Corte do que de ter a carreira de Jennifer Lopez e ser quem ela é hoje aos 50 anos.”

Ben Affleck também conversou sobre seus passeios altamente fotografados por seu bairro, revelando que ele nunca teve a intenção de aparecer em tabloides.

“Sabe, sempre há uma história do mês, e meu namoro com Jennifer Lopez era aquela história de tabloide na época em que o negócio crescia exponencialmente”, explicou ele.

“Ainda assim, até hoje, alguns dirão: ‘Eu vejo você nas fotos dos paparazzi!’ É tipo: ‘Sim, saí da minha casa e levei o lixo para fora. Não é como se eu estivesse tentando aparecer.’ E ainda assim dizem: ‘Você estava dando um passeio e foi flagrado pelos paparazzi!'”

“Como se, se você saísse de casa, estivesse apenas fazendo isso na esperança de ter a sorte de terminar como o sexto item do Daily Mail. É um absurdo!”

Ben Affleck e Jennifer Lopez ficaram noivos em 2002, adiaram o casamento de 2003 apenas alguns dias antes de dizerem seu “sim”, depois se separaram oficialmente em janeiro de 2004.

Ben Affleck retornará como Batman em Flash, que estreia em 2022.