Dos anos noventa ao início dos anos 2000, Johnny Depp estava no topo do mundo. Com sucessos independentes e grandes blockbusters, o ator era um dos mais conceituados de Hollywood. Segundo a revista Rolling Stone, os filmes do ator faturaram mais de 3 bilhões de dólares, e sua fortuna pessoal parecia intocável.

Mais recentemente, Depp perdeu espaço em Hollywood devido ao polêmico divórcio com Amber Heard, problemas com vício em álcool e drogas e acusações de violência doméstica e abuso.

O ator não é nem de longe o único astro (ou estrela!) de Hollywood a ter a carreira detonada por um relacionamento ou romance.


Confira abaixo o caso de Johnny Depp e outros exemplos!

Katie Holmes

No início dos anos 2000, Katie Holmes era uma requisitada estrela de cinema e TV, com performances elogiadas em Dawson’s Creek e até mesmo no Batman Begins, primeiro filme da trilogia de Christopher Nolan na DC.

Em 2006, Holmes se casou com Tom Cruise e viveu um hiato de vários anos em sua carreira, se dedicando inteiramente ao marido e à filha Suri. A imagem da atriz e modelo também ficou desgastada graças às declarações polêmicas de Tom Cruise em defesa da Cientologia.

Hoje em dia, Katie Holmes conta com uma modesta carreira no cinema, participando recentemente de filmes como Brahms: Boneco do Mal 2 e O Segredo: Ouse Sonhar.

Kris Humphries

Fãs de basquete conheceram Kris Humphries como um dos jogadores do time Atlanta Hawks. Grande parte da público, no entanto, só conhece o atleta como o segundo marido de Kim Kardashian.

Humpries e Kardashian se casaram em 2011, e a união durou apenas 72 dias. O jogador pediu o divórcio, e anos depois, revelou que o curto casório causou danos irreparáveis em sua carreira.

“Não é fácil passar por uma vergonha assim na frente de todo mundo. Quando um divórcio acontece de uma maneira tão pública, é uma situação brutal. Fui vaiado em vários jogos por causa do relacionamento”, contou o atleta.

Meg Ryan

Nos anos 90, Meg Ryan era uma das atrizes mais requisitadas de Hollywood, principalmente por performances em comédias românticas como Harry e Sally – Feitos Um Para o Outro, lançada em 1989.

Meg Ryan ainda era casada com o ator Dennis Quaid quando o mundo ficou sabendo de seu affair com Russell Crowe. Os dois se conheceram durante as gravações do filme Prova de Vida, lançado em 2000.

A repercussão do romance na imprensa prejudicou (e muito!) a trajetória da atriz, inclusive diminuindo os rendimentos de seu filme com Crowe. Por causa disso, Ryan decidiu dar um tempo em sua carreira e se afastar do mundo do entretenimento.

Denise Richards

A carreira de Denise Richards parecia estar se encaminhando para os altos escalões de Hollywood no final dos anos 90, com performances sólidas em filmes como Tropas Estelares, 007 – O Mundo Não é o Bastante e Garotas Selvagens.

A atriz tomou a pior decisão de sua vida profissional – e pessoal – ao se casar com Charlie Sheen em 2002. O casamento durou só 4 anos, mas Richards passou a ser associada às polêmicas do ex-esposo e por isso entrou na “lista negra” de Hollywood.

Hoje em dia, Denise Richards é conhecida principalmente por participar do reality show The Real Housewives of Beverly Hills.

Johnny Depp

Amber Heard deu entrada no processo de divórcio em 23 de maio de 2016, 15 meses após a cerimônia de casamento. Na época, a atriz justificou a separação alegando “diferenças irreconciliáveis” e “agressões físicas e psicológicas”.

A batalha judicial entre Johnny Depp e Amber Heard continua até hoje. A situação ficou mais complicada, quando uma gravação de áudio de uma sessão de terapia do casal vazou na internet. No registro, os dois artistas reconhecem ter “problemas de violência”, e Heard confessa já ter agredido o então marido.

Devido aos inúmeros problemas, Depp foi removido da franquia Piratas do Caribe e perdeu o papel de Grindelwald em Animais Fantásticos.