Enquanto promovia seu novo drama, 99 Homes, Andrew Garfield analisou sua experiência como Peter Parker/Homem-Aranha nos dois últimos filmes do herói. Durante entrevista ao The Independent, o ator classificou a experiência como parcialmente “frustrante”.

“Houveram coisas lindas e fui privilegiado. Mas também relutei certas vezes e coisas bem frustrantes aconteceram”, disse, sem entregar mais detalhes.

Ele também admitiu ter ficado com receio da fama subir à cabeça. “Eu comecei a ter a sensação de estar me separando do mundo e da minha comunidade, e isso realmente me atingiu de uma maneira muito triste e assustadora que eu pensei, ‘Porr*, eu não posso viver assim. Não posso ser do jeito que as pessoas querem. Isso não é real’. Realmente fiquei com medo de estar em algum tipo de pedestal. Graças a Deus que algumas pessoas são inteligentes o suficiente para saber que toda essa coisa de celebridade é uma ilusão”.


Garfield, que recentemente assumiu ser bissexual e torcer por um Homem-Aranha pansexual no cinema, ainda criticou o modelo atual da indústria de filmes.

“Hollywood é o epicentro de valores mundanos, onde uma peça de arte é julgada não por quantas vidas ela tocou ou quais mudanças proporcionou, mas sim por quanto dinheiro faz – só isso representa sucesso. Ou então quantos prêmios o filme recebe, aí sim ele é [considerado] digno”, disparou.

Esta não é a primeira vez que Andrew Garfield declara ter se decepcionado com seu tempo como Homem-Aranha. Depois de ser demitido pela Marvel e confessar que não previa isso, o astro de O Espetacular-Homem-Aranha recentemente fez um desabafo emocionado afirmando “nunca ter sido o Homem-Aranha de verdade” e que não conseguiu salvar sua franquia – leia aqui.

10 coisas que você precisa saber sobre o novo Homem-Aranha

Andrew Garfield elogia novo Homem-Aranha e diz que usar uniforme “era um fardo”

Tom Holland é o novo Homem-Aranha do cinema e será introduzido no universo da Marvel em Capitão América: Guerra Civil, e segundo a descrição do primeiro trailer, o teioso já protagoniza cenas de luta empolgantes.

Capitão América 3 será lançado em abril de 2016, um ano antes do novo filme do Amigão da Vizinhança.

O longa solo do Homem-Aranha pretende abordar a vida colegial do herói e não terá uma história de origem.

Capitão América e Homem-Aranha vão lutar em Guerra Civil, diz site

Homem-Aranha pode enfrentar o Kraven em seu novo filme

Escrito pela dupla John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein (de Quero Matar Meu Chefe e da vindoura sequência de Férias Frustradas), o novo filme solo do Homem-Aranha está marcado para sair em 28 de julho de 2017. A direção ficará a cargo de Jon Watts, cineasta de longas independentes.

Diretor fala sobre novo filme e elogia intérprete do herói

Tudo sobre: Homem-Aranha