Em entrevista ao Hollywood Reporter, Will Smith disse que considera Eu Sou a Lenda (2007) um dos melhores filmes de sua carreira.

“Eu sou obcecado em tentar colocar pequenos dramas de personagens no meio de superproduções. A tentativa mais bem sucedida que eu tive com esse conceito foi Eu Sou a Lenda. O filme poderia ser facilmente transformado em peça, sabe? O show de um homem só, com seu cachorro – você geralmente pensa que é preciso um pouco mais do que isso para um blockbuster, mas até agora [Eu Sou a Lenda] foi a maior abertura da minha carreira e meu segundo maior filme”, explicou.

Wil Smith voltará aos cinemas brasileiros no início do próximo ano em um filme menor, o drama Um Homem Entre Gigantes, que estreia em 3 de março – assista ao trailer.


Recentemente, o ator confessou que desistiu de estrelar Django Livre, o faroeste sulista de Quentin Tarantino, por conta das cenas violentas – leia mais.