Kevin Feige, o presidente do Marvel Studios, soltou os primeiros detalhes sobre dois personagens da nova adaptação de HQ do estúdio, Doutor Estranho.

O executivo começou falando sobre a escolha de escalar Tilda Swinton como Anciã, um papel originalmente masculino nos quadrinhos: “Estamos sempre à procura de maneiras de inovar. Acho que se você olhar para algumas das primeiras encarnações do Ancião nos quadrinhos, elas são o que nós consideraríamos hoje bastante estereotipadas. Além disso, tanto nos quadrinhos quanto no universo do nosso filme, O Ancião é um título que muitas pessoas tiveram. Então nós pensamos logo de cara sobre ‘E se o Ancião fosse uma mulher?’”.

Apesar do personagem ser vivido por uma mulher no cinema, Feige não quis deixar claro se de fato a Anciã é uma entidade feminina no filme. “Olha, Tilda é um camaleão em tudo que faz. Ela tem essa incrível capacidade de fazer papéis andróginos. Então, nós usamos o termo ‘ela’ e ‘ele’ no filme, pois é um personagem bem andrógino. Seu sexo não é importante, e não saberia responder se [a Anciã] é homem ou mulher. Acho que depende da perspectiva de quem vê”.


Em relação ao Barão Mordo, personagem de Chiwetel Ejiofor, o ator descreve sua relação com a Anciã como “longa, intensa e muito profunda” e que, mesmo admitindo que ambos vão se beneficiar das habilidades de Stephen Strange/Doutor Estranho, não deixa claro se Mordo manterá a função de vilão secundário ou se servirá como aliado do super-herói.

“Ele é um personagem muito complexo. Eu não acho que [a relação dos dois] possa ser definida de maneira alguma. Eu diria que será uma experiência nova”, acrescentou Ejiofor.

Doutor Estranho terá vários superpoderes no filme, diz presidente da Marvel

Escrito por C. Robert Cargill (A Entidade) e Thomas Dean Donnelly (do remake de Conan) e com direção de Scott Derrickson (A Entidade, O Exorcismo de Emily Rose), Doutor Estranho está sendo rodado neste momento.

“Muita loucura acontece no filme”, diz Benedict Cumberbatch

Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho), Chiwetel Ejiofor (Barão Mordo), Tilda Swinton (Anciã), Rachel McAdams, Mads Mikkelsen, Michael Stuhlbarg, Scott Adkins e Amy Landecker formam o elenco.

De acordo com o Latino Review, Doutor Estranho terá uma história de origem e deve ser bastante fiel aos quadrinhos.

Segundo o site, a cena de abertura começa em Catmandu, capital do Nepal, em 1968, onde se é usada magia negra para abrir um portal para outra dimensão. Um personagem chamado Kaecilius, que tem ligação com o Barão Mordo nos quadrinhos, lidera o grupo que pratica as atividades obscuras e possivelmente consegue contactar o vilão Dormammu (que deve ser vivido por Mads Mikkelsen).

Depois disso, o cenário muda para a Nova York dos dias atuais, onde conhecemos Stephen Strange/Doutor Estranho, um talentoso mas arrogante cirurgião. Strange machuca a mão durante um acidente de carro em que falava ao celular, mas nem mesmo as várias cirurgias realizadas pelo Dr. Nicodemus West são capazes de restaurar a funcionalidade dos dedos de Strange. Sua carreira na medicina então é dada como encerrada, mas ele não desiste com facilidade de encontrar uma cura para a mão, e sua jornada o leva para um mundo de magia, partículas subatômicas – assunto já introduzido em Homem-Formiga – e, eventualmente, à porta da personagen Anciã (Tilda Swinton).

Doutor Estranho estreia nos cinemas em 3 de novembro de 2016.