À Empire, o presidente do Marvel Studios, Kevin Feige, adiantou novidades do filme solo do Pantera Negra (Chadwick Boseman), programado para 2018.

“Esse é um personagem muito importante. Nós vamos apresentar não só um protagonista incrível como também toda a nação de Wakanda, o que significa um cenário e uma cultura totalmente novas para se explorar”.

O executivo também revelou que o filme do Pantera Negra vai se conectar com Vingadores: Guerra Infinita, o terceiro filme da série que será dividido em duas partes.


“Será uma grande aventura geo-política cheia de ação, que focará na família real de T’Challa e os seus desafios em Wakanda, e o que significa ser um rei. A história de T’Challa é muito importante para nós por ser um elo de ligação com os próximos filmes dos Vingadores, o que explica a data de lançamento tão longínqua do filme”.

Antes de estrelar sua aventura solo em 15 de fevereiro de 2018, T’Challa/Pantera Negra será introduzido em Capitão América: Guerra Civil, que chega ao Brasil em abril do próximo ano. Por sua vez, Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1 tem estreia marcada para 3 de maio de 2018.

A Marvel estaria negociando com Ryan Coogler, diretor de Creed: Nascido Para Lutar (filme derivado da franquia Rocky), a direção do filme do Pantera Negra. A informação foi confirmada pelos sites The Wrap e BirthDeathMovies.

Coogler já vem sendo cotado para o cargo há algum tempo, mas parece que só agora as negociações estreitaram. Ryan Coogler é o novo candidato ao filme após Ava DuVernay (Selma) e F. Gary Gray (de Straight Outta Compton – A História do N.W.A. e do vindouro Velozes e Furiosos 8) terem recusado assumí-lo.