O diretor Justin Lin, que substituiu J.J. Abrams no comando de Star Trek: Sem Fronteiras, afirmou que o longa não deve fazer referências ao filme anterior, Além da Escuridão – Star Trek.

“Eu abracei o que J.J. [Abrams] nos trouxe – sem ele, todo esse grupo não estaria junto. Então, definitivamente sou muito agradecido a ele. Ao mesmo tempo, fazemos referência [ao trabalho dele]? Não, mas também não vamos ignorá-lo. Não fingimos que [os filmes anteriores] não existiram, porque [Star Trek 3] é parte desse universo agora”, disse o cineasta ao Birth Movies Death.

Apesar de reforçar que Star Trek 3 “de certa forma é uma continuação, então existe um reconhecimento do que aconteceu antes”, Lin vai sim ignorar (gentilmente) alguns eventos do segundo filme. Como por exemplo o relacionamento entre Carol Marcus e Capitão Kirk, que vai azedar, já que, segundo o diretor, “isso não se encaixa muito” na trama da nova sequência. E tudo indica que o casal Spock e Uhura também será separado.


Star Trek 3 chegará aos cinemas em 22 de julho de 2016.

Chris Pine, Zachary Quinto, Zoe Saldana, Karl Urban, Simon Pegg, Anton Yelchin, John Cho e Joe Taslim formam o elenco. Idris Elba faz o vilão principal, definido por ele como “inovador”, mas “clássico” – leia mais.

Justin Lin (Velozes e Furiosos 5) dirige a nova sequência, substituindo J.J. Abrams, que trocou Star Trek 3 por Star Wars 7.

Além de Star Trek: Sem Fronteiras, a CBS Television Studios está desenvolvendo uma nova série de TV de Star Trek, que já tem estreia programada para janeiro de 2017 – saiba mais detalhes.

Trailer dublado

Trailer legendado

Tudo sobre: Star Trek 3