O Regresso chegou aos cinemas chineses neste fim de semana com uma abertura impressionante. O filme estrelado por Leonardo DiCaprio acumulou US$ 33 milhões em seus três primeiros dias de exibição na China, elevando a bilheteria mundial para US$ 500 milhões.

A China é um dos últimos mercados internacionais restantes para o drama de sobrevivência vencedor de 3 Oscars (Melhor diretor, ator e fotografia), que falta ser lançado no Japão, em 22 de abril.

Em apenas três dias, o país oriental se tornou o maior mercado internacional de O Regresso, seguido do Reino Unido (US$ 32,9 milhões) e Alemanha (US$ 27,4 milhões).


Confira a crítica do filme

Adaptada da obra homônima de Michael Punke, O Regresso se passa no século 19 e conta a épica aventura de um homem por sobrevivência e o extraordinário poder do espírito humano. Em uma expedição pelo desconhecido deserto americano, o lendário explorador Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) é brutalmente atacado por um urso e deixado como morto pelos membros de sua própria equipe de caça.

Em uma luta para sobreviver, Glass resiste à dor inimaginável, bem como à traição de seu confidente, John Fitzgerald (Tom Hardy). Guiado pela força de vontade e pelo amor de sua família, Glass deve navegar um inverno brutal em uma incessante busca por sobrevivência e redenção.

Dirigido por Alejandro González Iñárritu, o drama de sobrevivência foi o recordista de indicações do Oscar 2016, com 12.