Há anos vem havendo um esforço coletivo para tentar completar The Other Side Of The Wind, filme “perdido” do diretor Orson Welles, mas a produção segue a passos lentos deste então. No entanto, o possível interesse da Netflix pode enfim viabilizar o projeto.

Segundo o Wellesnet (via The Playlist), a rede de streaming está negociando com os produtores a bagatela de US$ 5 milhões para finalizar e distribuir o filme, junto com um documentário sobre todo o processo. As conversas entre a Netflix e o produtor Oja Kodar para conseguir um acordo estariam acontecendo há meses.

Por enquanto, não se tem mais detalhes sobre as negociações.


“Durante décadas nós temos sido otimistas, do contrário não estaríamos tentando há tanto tempo fazer com que esse filme seja lançado”, disse Sasha Welles, sobrinha de Kodar, sobre a atual situação do longa. “Quão otimistas deveríamos estar com esse acordo [da Netflix]? Difícil de dizer. Nós temos lidados com alegações e promessas não tão honestas do [produtor] Filip [Jan Rymsza], e Frank [Marshall, também produtor] traz legitimidade e equidade apenas para o lado deles. Então, por conta de tudo isso, eu não estou tão otimista, já que continuam nos afastando do nosso antigo acordo. Toda vez que eu cedo em algo que eles querem, depois eles pedem outra coisa, e assim vai. Eu não sei onde é o fim disso”, desabafou.

The Other Side Of The Wind acompanha um diretor de Hollywood em decadência e sua tentativa de reavivar a carreira fazendo um complicado filme, carregado de sexo e violência.