O live-action da animação Akira continua sendo um sonho distante para Hollywood. O projeto já passou pela mão de diversos diretores, mas segue sendo recusado. O mais novo nome da lista foi Jordan Peele (Corra!). E em entrevista ao Blumhouse, o cineasta explicou os motivos para não querer assumir a direção.

Akira é um dos meus filmes favoritos, e acho que obviamente a história justifica um orçamento tão grande quanto possível. Mas a verdadeira questão para mim é: eu quero fazer material pré-existente, ou eu quero fazer conteúdo original? No final do dia, eu quero fazer coisas originais”, disse o diretor.

Segundo informações anteriores, os diretores Daniel Espinosa e David Sandberg também estão no páreo para comandar o filme live-action de Akira.


A Warner tenta produzir sua versão para o anime desde 2002 e o roteiro já passou pelas mãos de diversos diretores. O estúdio também já contou com pelo menos meia dúzia de roteiristas para adaptar a história de Akira durante os últimos anos.

Marco J. Ramirez, da série Demolidor, escreveu a última versão do roteiro do longa baseado no mangá de Katsuhiro Otomo. Especula-se que a trama futurista do projeto se passará em Neo-Manhattan ao invés de Neo-Tóquio.

Leonardo DiCaprio e Andrew Lazar (Sniper Americano) vão produzir o filme de Akira, ainda sem previsão para filmagens ou estreia.