Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Dante Harper, roteirista do filme, explicou que o papel de Capitão Branson, de James Franco seria bem maior que o apresentado no filme.

“Originalmente, o personagem de James Franco teria uma participação bem maior no filme e veríamos um pouco mais sobre seu passado. Isso tinha a ver com o passado de Daniels (Katherine Waterson), bem como o personagem de Billy Crudup, Oram”, disse Harper.

“Parte da ideia de Ridley Scott era que esta era uma nave que não tinha apenas este problema externo, mas também tinha esse problema que havia um capitão que não era o capitão original que agora vai liderar a missão e que talvez cometa alguns erros terríveis. O personagem de James Franco teve um papel maior em diferentes versões do roteiro, mas seu papel sempre foi ser um capitão ausente”, completou.


Sequência de Prometheus, Alien: Covenant é o primeiro filme de uma nova série diretamente conectada à franquia Alien. A intenção dos três novos filmes é introduzir lentamente a história de origem das criaturas para, no final, voltar ao começo do Alien original.

Escrito por Ridley Scott, diretor do Alien original, e John Logan – os dois já trabalharam juntos em Gladiador – e com direção de Scott, Alien: Covenant tem estreia marcada para 18 de maio no Brasil.