Não é segredo que os estúdios Marvel tem tentado aumentar a representatividade em termos de diversidade nas telonas, mas no que diz respeito a personagens LGBT, há quem diga que a empresa dos heróis ainda tem muito o que melhorar.

No entanto, para James Gunn, diretor de Guardiões da Galáxia Vol. 2, a representatividade pode estar implícita, uma vez que grande parte do que se refere à sexualidade dos personagens não é desenvolvida.

“Vocês sabem, já me perguntaram se havia personagens gays nos filmes da Marvel e eu respondi que há muitos personagens nesse universo e que muitos deles não foram explorados no sentido de como se relacionam sexualmente. Pode ser que sejam gays, héteros ou mesmo bissexuais, nós não sabemos realmente. Então eu imagino que há, sim, personagens gays no universo Marvel, só ainda não sabemos quem eles são”, disse o diretor ao ComicBook.


Chris Pratt (Peter Quill/Senhor das Estrelas), Zoe Saldana (Gamora), Dave Bautista (Drax), Bradley Cooper (Rocket), Vin Diesel (Groot), Michael Rooker (Yondu) e Karen Gillan (Nebula) retornam ao elenco. Guardiões da Galáxia 2 introduzirá ainda Pom Klementieff (remake de Oldboy) como a super-heroína Mantis, Kurt Russell (Velozes e Furiosos 7) como o pai de Peter Quill, e Sylvester Stallone como o Águia Estelar.