Há alguns anos foi lançada a adaptação cinematográfica do livro Cinquenta Tons de Cinza, sucesso mundial. O filme foi dirigido por Sam Taylor-Johnson, que logo deixou a sequência.

Porém a diretora deu uma declaração um tanto quanto polêmica ao IndieWire falando a respeito de sua decepção com o filme.

“Eu ficaria louca se fizesse o filme novamente. Foi uma luta e aconteceram debates acalorados no set enquanto eu tentava organizar tudo da maneira correta. Eu gosto de todos, e fico confusa ao saber que a maioria lá não gosta de mim, houve uma falta de sincronia com a autora E.L James”, revelou ela.


As duas sequências de 50 Tons de Cinza serão rodadas consecutivamente pelo diretor James Foley (House of Cards). Ele substituirá Sam Taylor-Johnson, diretora do longa original.