It: A Coisa ganhou a classificação para maiores de 18 anos pela MPAA. E o site justificou a cesura afirmando que o longa contem imagens sangrentas, de horror e violência. Além de mostrar que o longa será bem intenso, a notícia também deixa no ar uma informação importante sobre uma das cenas mais controversas do livro escrito por Stephen King, que conta sexo entre menores de idade.

A classificação não contém nada referente à imagens sexuais. A cena em questão, tão polêmica no livro, foi explicada por King em entrevista ao site Movieweb. Segundo o autor, o contexto dela não é sexual. “Eu não estava realmente pensando no aspecto sexual. O livro lidava com a infância e a idade adulta, em 1958. Os adultos não se lembravam de sua infância. Nenhum de nós lembra do que fizemos como crianças, nós pensamos que nós fazíamos, mas não lembramos disso, como realmente aconteceu”, argumentou.

King ainda explica que a cena que criar uma conexão dos membros do Clube dos Perdedores com a vida adulta. “Intuitivamente, os perdedores sabiam que tinham que estar juntos novamente. O ato sexual ligou a infância e a idade adulta. É outra versão do túnel de vidro que liga a biblioteca infantil e a biblioteca adulta. Os tempos mudaram desde que escrevi essa cena e agora existe Mais sensibilidade a essas questões”, completou.


Jaeden Lieberher (Masters of Sex), Finn Wolfhard (Stranger Things), Chosen Jacobs (Hawaii Five-0), Jeremy Ray Taylor (Alvin e os Esquilos: Na Estrada), Wyatt Oleff (Guardiões da Galáxia), Jack Dylan Grazer (Scales) e Sophia Lillis (37) formam o “Clube dos Perdedores”. Bill Skarsgard (Hemlock Grove) interpreta o palhaço Pennywise.

It: A Coisa tem direção de Andrés Muschietti (Mama), que assumiu o cargo no lugar de Cary Fukunaga (Beasts of No Nation) e reescreveu o roteiro original, dividindo a história em dois filmes.

A primeira parte tem estreia prevista para 8 de setembro deste ano.