Jamie Foxx está promovendo a comédia de ação Baby Driver, mas o ator já tem certeza que o filme é bom antes mesmo de estrear nos cinemas. E em entrevista ao Cinema Blend, ele explicou como consegue diferenciar um trabalho ruim dele de um bom mesmo antes da resposta do público.

“Eu não posso esperar para falar sobre esse papel em Baby Driver! É louco, é legal, e não é um filme típico. Isso traz um passeio de emoção, para que todos possam experimentá-lo. E também é bom!”, se empolgou. “Não foi assim o último papel que tive. Sim, eu sei que é difícil. É difícil quando você ainda precisa promovê-lo. Você sabe que é ruim quando eles não lhe perguntam nada sobre o filme como, ‘Cara, aquela jaqueta que você estava vestindo é apertada.’ Sim, eu sei que é uma droga”.

O filme no qual Jamie Foxx possivelmente está se referindo foi Sleepless, no qual interpreta um policial envolvido em uma rede de corrupção. O longa foi lançado em janeiro, mas não teve sucesso.


Na trama de Baby Driver, Ansel Elgort (A Culpa é das Estrelas) é um jovem que conhece a garota de seus sonhos (Lily James) e precisa sair da vida do crime para poder ficar junto a ela. O problema é que o personagem sofre de uma doença que causa um constante zumbido em seu ouvido – as cenas de ação são coreografadas de acordo com o ritmo da música que ele ouve para ajudar no tratamento.

Jon Bernthal, Jamie Foxx, Eiza González, Jon Hamm e Kevin Spacey completam o elenco. A estreia acontece no dia 11 de agosto nos EUA.