O novo filme de Will Ferrell ficou marcado por inúmeras situações constrangedoras que a cantora Mariah Carey proporcionou durante as filmagens. Segundo o ator Rob Huebel, além dos atrasos contantes, a cantora transformou o set em um verdadeiro inferno.

“Foi uma loucura. Ela foi contratada para cantar uma música e resolveu que iria cantar outra. Eles explicaram como ela era cara e só havia sido contratada para um dia. Ela simplesmente não queria fazer aquilo para o qual havia sido contratada”, disse o ator.

Mas o comportamento de Mariah Carey rendeu punições. Segundo o ator Will Ferrel, a participação dela foi cortada do filme.


“Foram pedidas algumas coisas que acabaram não acontecendo. Ela estava no nosso set e ocorreram algumas coisas, outras não ocorreram. Se isso tudo sair nos extras do DVD serão alguns extras bem divertidos”, disse Ferrell em entrevista ao programa do apresentador Seth Meyers.

O filme conta a história de Scott (Ferrell) e sua esposa Kate (Poehler), que depois de perderem o fundo da faculdade de sua filha, decidem que podem ganhar algum dinheiro de volta abrindo um cassino ilegal no porão.

Jason Mantzoukas, Allison Tolman, Sam Richardson e Rob Huebel completam o elenco.

Andrew J. Cohen e Brendan O’Brien, de Vizinhos, escreveram o roteiro. O longa também marca a estreia de Cohen na direção.

The House chegará aos cinemas dos EUA no dia 30 de junho.