Barry Sonnenfeld, diretor responsável pelos três filmes da franquia MIB – Homens de Preto, contou em entrevista à Empire que Will Smith e Tommy Lee Jones não eram as primeiras escolhas do estúdio para os papeis de J e K no primeiro filme da saga, de 1997.

“O estúdio e Spielberg queriam que eu me encontrasse com Clint Eastwood e Chris O’Donnell. Eu convenci Chris a recusar o filme, porque queria Will Smith, e tive que brigar com o estúdio para escalar Tommy Lee Jones”, comentou o diretor.

“Eu disse a Chris que eu não era um bom diretor e que o roteiro não era bom, que ele deveria escolher outro projeto se pudesse, então no dia seguinte ele nos ligou dizendo que estava fora”, riu ainda.


Sonnenfeld se desentendeu com Will Smith ao longo das filmagens do terceiro longa, o que deve ter travado a realização de uma nova sequência – além disso, o crossover entre Homens de Preto e Anjos da Lei também foi cancelado no ano passado.