O diretor e roteirista Tom McLoughlin só fez um filme de Sexta-Feira 13, o muito criticado Jason Vive (1986), sexto filme na sequência da franquia – mas o produtor Frank Mancuso Jr queria que ele repetisse a dose em uma continuação ainda mais bizarra.

“Ele me propôs mais um filme, e na época estava tentando conversar com a New Line para juntar Jason com Freddy Krueger, de A Hora do Pesadelo [o que só aconteceria em Freddy vs Jason, de 2003]. Eu fiquei pensando em como isso funcionaria e não fez sentido na minha cabeça, porque eles vivem em reinos diferentes, mas depois Frank me disse que não ia acontecer de qualquer jeito”, contou ao podcast Post Mortem.

“Foi aí que eu disse: ‘Sabe o que é uma boa ideia? A Paramount tem Cheech e Chong, não tem? E se eles conhecessem Jason? Eles seriam como conselheiros do acampamento ou algo assim’. Frank, que é um cara mais sensato que eu, disse não”, brincou ainda.


Cheech e Chong são a dupla de comediantes Cheech Marin e Tommy Chong, conhecidos pelo humor “maconheiro” em uma série de comédias bem sucedidas produzidas pela Paramount.

Um recomeço da franquia Sexta-Feira 13 teria direção de Breck Eisner (A Epidemia), e seria originalmente lançado em 13 de outubro deste ano, mas foi cancelado pela Paramount.

Uma das franquias mais tradicionais do terror, Sexta-Feira 13 já conta com uma dúzia de filmes produzidos desde 1980. O último longa, de 2009, funcionou como uma espécie de recomeço para a saga de Jason Vorhees.