A cena final de Star Wars: O Despertar da Força revelou finalmente a aparição de Luke Skywalker (Mark Hamill), de volta à trilogia nova. No entanto, o fim do filme teve de ser alterado no último minuto.

O diretor de Star Wars: O Despertar da Força, J.J. Abrams confessou que estava nervoso com a cena que escreveu, onde mostra Rey (Daisy Ridley) subindo até o pico da ilha Ahch-To e encontrando Luke, o estendendo seu antigo sabre de luz. A cena se mantém somente com a trilha sonora e os dois em silêncio até a tela de créditos.

No entanto, em entrevista ao site Empire, Mark revelou que tiveram que fazer uma mudança de acordo com que o Rian Johnson, diretor de Star Wars: Os Últimos Jedi, pretendia fazer com o personagem de Hamill.


Há duas teorias para essa cena original. Uma delas é de que Rian pediu para Abrams assegurar de que quem iria acompanhar Rey na jornada para encontrar Luke seria BB-8 e não R2-D2. No entanto, a teoria de um fã na internet diz que na verdade, o final acabaria com Rey segurando o lightsaber de Luke, Luke o acendendo e assim, o filme encerrando. Essa última teoria ser cortada faz mais sentido devido ao fato de que, aparentemente, Luke estará mais relutante e pessimista com os Jedi no oitavo capítulo da série.

Star Wars: Os Últimos Jedi irá estrear nos cinemas em 15 de dezembro de 2017.