Star Wars: O Despertar da Força estreou em 2015 e logo depois se tornou um sucesso de público e de bilheteria, trazendo a famosa franquia de volta aos cinemas.

No entanto, com ele, seguiam algumas críticas sobre sua narrativa ser muito semelhante ao do Episódio IV – Uma Nova Esperança, primeiro filme lançado em 1977.

Para constatar que a estrutura de Os Últimos Jedi não seja comparada aos filmes antecessores, o diretor Rian Johnson, em entrevista ao site SciFiNow Magazine, afirmou que não se trata de uma homenagem.


“É interessante a ideia de não conseguir sair da reação nostálgica que provocará porque é impossível não ficar emocionado, como fiquei quando entrei na Millenium Falcon. Porém, eu acho que ficaria hesitante com a palavra ‘homenagem’ porque soa como se nós só estivéssemos reprisando uma mesma música que gostamos. Mas contar uma história que traz coisas novas e leva tudo isso de uma maneira interessante, é algo extremamente poderoso”, completa Rian.

Star Wars: Os Últimos Jedi será lançado em 14 de dezembro deste ano, dirigido por Rian Johnson.

O Episódio IX fecha nova trilogia em 20 dezembro de 2019, com direção de J.J. Abrahms.