Em 2004, a atriz Halle Berry mal tinha saído de sua vitória no Oscar pelo drama A Última Ceia quando encarnou uma versão bem mudada da anti-heroína Mulher-Gato em um filme solo verdadeiramente desastroso.

Fracasso de bilheteria e crítica, o longa acabou rendendo-a um Framboesa de Ouro, prêmio paródia para os piores do ano no cinema, e Berry foi uma das poucas a comparecer na cerimônia para receber sua “estatueta” fajuta – veja o momento inesquecível aqui.

No entanto, a estrela não se arrepende de ter feito o filme: “Eu conheci tantas pessoas interessantes que eu não teria conhecido de outra forma. Eu aprendi duas artes marciais e aprendi o que não fazer. E aprender o que não fazer é tão importante quanto aprender o que fazer”, disse ela ao E! News.


“Por fim, recebi uma grande quantia de dinheiro que mudou minha vida”, completou.

O Fio da Suspeita | Halle Berry vai estrelar remake de filme com Glenn Close

Recentemente, a atriz disse que adoraria uma segunda chance para interpretar a personagem e que seu filme ajudou a abrir caminho para Pantera Negra.

Berry, 51 anos, pode querer ficar de olho no universo estendido da DC, que deve introduzir uma nova versão da Mulher-Gato em breve caso o longa das Sereias de Gotham se concretize – confira detalhes do projeto.