Enquanto muitos fãs de Star Wars estão curtindo a divertida versão da história de origem de Han Solo retratada em Han Solo: Uma História Star Wars, outros estão de luto pela versão possivelmente mais dura que perdemos quando os diretores Phil Lord e Chris Miller deixaram o projeto.

Lord e Miller, que são conhecidos por nos trazerem comédias peculiares como Uma Aventura LEGO e Anjos da Lei, tiveram uma abordagem experimental que aparentemente tornou o tom do filme mais bruto. Emilia Clarke, que interpreta o personagem Qi’ra, relembrou que a dupla estava em um estágio exploratório quando foram demitidos.

Lawrence Kasdan, que co-escreveu Solo com seu filho Jonathan, explicou como Lord e Miller foram removidos do projeto principalmente por este tom experimental:


“Esta foi uma situação muito complicada. Quando você vai trabalhar de manhã em um filme de Star Wars, há milhares de pessoas esperando por você, e você tem que ser muito decidido e muito rápido sobre isso. Quando você está tomando essas decisões em fração de segundo – e há um milhão por dia – então você está se comprometendo com um certo tom. Se os [produtores] acharem que esse não é o tom do filme, você terá problemas. ”

Han Solo: Uma História Star Wars seguirá estilo dos longas dos anos 70, afirma diretor

Han Solo: Uma História Star Wars acabou estreando abaixo das expectativas do estúdio nos EUA, e se tornou e menor abertura de um filma da franquia Star Wars desde que a Disney comprou a Lucasfilm (saiba todos os números aqui).

Mesmo com a notícia de que Alden Ehrenreich assinou contrato para três filmes no papel do jovem Han Solo, o diretor Ron Howard não garante que uma sequência vai mesmo acontecer.

O longa sobre a juventude do personagem interpretado por Harrison Ford na franquia original (agora, Alden Ehrenreich) ainda tem Thandie Newton, Donald Glover, Woody Harrelson, Emilia Clarke e Paul Bettany no elenco.

Ron Howard (O Código Da Vinci) dirige a produção da Lucasfilm após alguns percalços na produção – anteriormente contratados, os diretores Phil Lord e Chris Miller (Uma Aventura LEGO) foram demitidos no meio da produção.