CUIDADO! SPOILERS DE VINGADORES: GUERRA INFINITA!!!

Pantera Negra foi um enorme sucesso comercial e crítico no início de 2018, com o público rapidamente se apaixonando por T’Challa (Chadwick Boseman) e o mundo de Wakanda. Então, ele ser um dos primeiros se tornar cinzas, foi bastante chocante. Agora, o co-roteirista da série Vingadores Guerra Infinita, Stephen McFeely, revelou ao Buzzfeed que nem ele nem o escritor Christopher Markus se arrependem da decisão, mesmo que tenha sido doloroso para os espectadores.

“Primeiro de tudo, faríamos tudo de novo. Mas lembre-se, quando estávamos escrevendo (Vingadores: Guerra Infinita) e até filmando, não havia filme sobre o Pantera Negra. Nós não sabíamos que seria tão bom, tão eficaz, tão ressonante. E nós tivemos que tratar todos esses personagens da mesma forma. As pessoas que nos deixam (no longa) são os líderes de suas próprias franquias. E Pantera Negra não é diferente. Queríamos que aquilo que acontece no final desse filme tivesse o maior impacto possível. Se você está se livrando muito bem do seu elenco de apoio, então parece que você está ‘segurando o soco'”.


Passando por seu primeiro dia de exibição nos EUA, Vingadores: Guerra Infinita já arrecadou uma quantia impressionante apenas para pré-estreias – confira aqui.

Vingadores: Guerra Infinita | Veja as primeiras reações dos críticos ao filme

Vingadores: Guerra Infinita vendeu mais do que os últimos sete lançamentos da Marvel combinados em ingressos antecipados – saiba mais do número aqui.

Novas projeções indicam que o filme pode se tornar o maior lançamento da história nos Estados Unidos, superando os números feitos por Star Wars: O Despertar da Força – leia mais.

Vingadores: Guerra Infinita estreou nos cinemas em 26 de abril de 2018.