O diretor Rian Johnson saiu em defesa de uma das estrelas de seu filme, Star Wars: Os Últimos Jedi, no Twitter.

Após reportagens sobre as “persistentes mensagens de ódio” recebidas por Kelly Marie Tran, que interpretou a personagem estreante Rose no filme, Johnson mandou uma mensagem para “fãs” que se engajam nesse tipo de comportamento.

“Na mídia social, algumas pessoas nada saudáveis podem criar uma enorme sombra na parede, mas nos últimos 4 anos eu conheci muitos fãs reais de Star Wars. Alguns gostaram do meu filme e outros não, mas fizeram isso com humor, amor e respeito. Nós somos uma maioria vasta, estamos nos divertindo, e estamos bem”, comentou o diretor.


No entanto, um seguidor de Johnson não curiu a mensagem: “Criticar e dizer que não gostou de uma coisa agora é ‘trollar’? Boa tática. O que quer que faça você dormir de noite”.

Em resposta, o diretor adotou um tom mais agressivo: “Estou cansado desses argumentos desonestos de m*rda. Você sabe a diferença entre não gostar de um filme e assediar odiosamente uma mulher de forma tão grave que ela precisa se desligar das mídias sociais. E você sabe de qual das duas coisas estamos falando aqui”.

Nessa terça (05), Tran apagou todas as fotos de seu perfil no Instagram. A atriz tem em torno de 192.000 seguidores, e não desativou o seu perfil completamente, ao invés disso apagando todas as fotos de forma que não poderia receber comentários maldosos.

Han Solo: Uma História Star Wars pode dar prejuízo de R$ 190 milhões

Tran deve reprisar o papel de Rose em Star Wars: Episódio IX, que está marcado para 20 de dezembro de 2019.