Já em O Balconista, o diretor Kevin Smith deixou bem claro que ele é um ávido fã de Star Wars, e isso não é só em seus filmes, mas também quando ele compartilha seu amor pela franquia sempre que a oportunidade surge.
Enquanto o recente spin-off de Han Solo está lutando tanto nas bilheterias quanto ao conectar-se com parte do público, Smith está vindo em defesa do filme. Em um episódio recente de Fat Man on Batman, Smith falou sobre o recente spin-off de Star Wars com o co-apresentador Marc Bernardin:

“Eu gostei. Eu achei divertido. Eu escrevi no Twitter que achei divertido o fan service, cara. Eu achei que há grandes momentos. Eu teria escrito a cena de Han e Chewie do jeito que eles fizeram, e não porque eu estou tipo, ‘Minha versão era melhor’. Eu não sou tão inteligente assim. Eu pensei que era uma maneira muito inteligente de fazer isso e coisas assim. Eu gostei de tudo o que referenciava ou ligava nos outros filmes. Em um ponto eles referenciaram Bosk, e eu pensei “AAAAAAAAHHHH! Eu tenho esse boneco ainda!”, revela Smith.

“Dito isso, ele não tocou como um filme de saga. Não era necessário, porque é meio que contar uma história autônoma. Honestamente, é uma curva difícil de julgar, porque tudo que você lembra de Rogue One é o último minuto com Darth Vader e você pensa ‘Oh meu deus, eu deixaria minha mãe ser entregue aos canibais para que eu pudesse assistir mais uma vez’”, completou o cineasta.


Han Solo: Uma História Star Wars seguirá estilo dos longas dos anos 70, afirma diretor

Han Solo estreou abaixo do esperado pelo estúdio, mas conseguiu bater ao menos um recorde: a de melhor estreia para um filme de roubo (saiba dos números aqui).

Mesmo com a notícia de que Alden Ehrenreich assinou contrato para três filmes no papel do jovem Han Solo, o diretor Ron Howard não garante que uma sequência vai mesmo acontecer.

O longa sobre a juventude do personagem interpretado por Harrison Ford na franquia original (agora, Alden Ehrenreich) ainda tem Thandie Newton, Donald Glover, Woody Harrelson, Emilia Clarke e Paul Bettany no elenco.

Ron Howard (O Código Da Vinci) dirige a produção da Lucasfilm após alguns percalços na produção – anteriormente contratados, os diretores Phil Lord e Chris Miller (Uma Aventura LEGO) foram demitidos no meio da produção.