Uma exibição especial de Jurassic World: Reino Ameaçado para membros da indústria cinematográfica e funcionários da Universal, estúdio que produz a franquia, teve que ser interrompida graças a uma emergência médica.

A sessão em Los Angeles (EUA) exibiu pelo menos dois terços do filme antes de vários espectadores começarem a tentar avisar funcionários do cinema que um homem estava passando mal na plateia. As informações são da Variety.

A projeção do filme foi interrompida e uma ambulância foi chamada. Um representante da rede de cinemas AMC garantiu que o homem em questão sobreviveu ao incidente, mas não deu detalhes sobre sua identidade.


Muitas pessoas presentes reclamaram que, graças a medidas de confidencialidade na sessão adiantada (por exemplo, a exigência de que celulares fossem deixados fora da sala), ninguém dentro do cinema conseguiu chamar a ambulância.

Jurassic World: Reino Ameaçado | Vídeo te leva para bastidores do “sombrio” novo filme

Jurassic World: Reino Ameaçado se passará cerca de 4 anos após os acontecimentos do primeiro longa. A ilha dos dinossauros agora se encontra abandonada e os dinossauros sobreviventes vivem em uma selva.

Porém, quando o vulcão dormente da ilha ameaça entrar em erupção, Owen (Chris Pratt) e Claire (Bryce Dallas Howard) resolvem se unir para tentar salvar os dinossauros remanescentes.

Jurassic World: Reino Ameaçado, com direção de J.A. Bayona (O Orfanato), tem estreia marcada para 21 de junho de 2018.

Jurassic World 3 chegará aos cinemas em 14 de junho de 2021.