Christopher Nolan foi obrigado a editar algumas cenas de Batman: O Cavaleiro das Trevas para que o filme mantivesse a indicação PG-13 e não passasse para R, o que permitiria que apenas maiores de 17 anos pudessem ir ao cinema desacompanhados de algum responsável.

Quem contou isso ao The Hollywood Report foi David Dastmalchian, que no filme interpreta Thomas Schiff, um rapaz esquizofrênico que trabalha para o Coringa.

“Ele [Nolan] disse que realmente gostou da cena, mas ele disse que quando estávamos filmando, eu estava empurrando minha cabeça contra a arma de Aaron [Eckhart, que interpreta Harvey Dent] e ele estava empurrando a arma de volta”, contou o ator.


“Eu me lembro por algumas semanas depois que eu tive uma grande marca na minha cabeça. Ele disse que esse foi um dos momentos que a MPAA [entidade que define a classificação etária dos filmes] pediu para ele voltar e ele teve que cortar o recuo do cano da arma na minha cabeça”, acrescentou.

Batman vs Superman | Diretor revela identidade de Robin morto no filme

Esta não foi a única cena que precisou de ajustes. Em outro momento, o Batman impostor capturado por Coringa aparecia esfaqueado. Entre a faca e o corpo, havia a carta de baralho do coringa ensanguentada. No filme, ela aparece, mas apenas presa no corpo.

Batman: O Cavaleiro das Trevas completa 10 anos no mês que vem.