Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald chegará aos cinemas em pouco mais de um mês, e Johnny Depp está começando a dar declarações sobre seu papel no novo filme do universo de Harry Potter.

Em entrevista para a Entertainment Weekly, o intérprete de Gellert Grindelwald negou comparações de seu personagem com o presidente dos EUA, Donald Trump, e explicou as motivações do vilão.

“Eu não enxergo comparações com Donald Trump nem um pouco. Para mim, há algo quase infantil em Grindelwald. Seu sonho é ver a comunidade bruxa acima e alta dos demais. É um elemento fascista, e não há nada mais perigoso do que alguém que é um sonhador com uma visão específica que é muito forte e perigosa, e ele pode fazer isso acontecer. Mas nenhum personagem acorda e fica, ‘Eu vou fazer a pior coisa possível hoje e ser mau pra caramba.’ Eu acredito que Grindelwald é estranhamente gostável”, explica o ator.


Animais Fantásticos 2 | Johnny Depp fala pela primeira vez sobre sua polêmica escalação

Na trama de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, voltamos a acompanhar Newt Scamander (Eddie Redmayne), dessa vez em Paris, enquanto ele reencontra velhos conhecidos e a luta contra o mago das trevas Grindelwald (Johnny Depp) continua. O longa ainda contará com o jovem Dumbledore interpretado por Jude Law.

David Yates retorna à direção – o diretor já tem contrato assinado para até o quinto filme da saga.

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald estreia em 15 de novembro no Brasil. Os próximos três filmes chegam aos cinemas em 2020, 2022 e 2024.