Um novo estudo afirma que a Netflix está ajudando no consumo do cinema. O grupo norte-americano EY chegou a conclusão de que as duas plataformas são mais convergentes do que concorrentes.

O estudo mostra que pessoas que vão mais ao cinema, consomem mais conteúdo nos serviços de streaming. As pessoas que foram nove ou mais vezes ver um filmes nas telonas no último ano, utilizaram até duas vezes mais plataformas como a Netflix. A média semanal verificada foi de 11 horas.

Enquanto isso, espectadores que frequentaram nove ou menos vezes os cinemas, tendem a ficar sete horas por semana nos serviços de streaming. Para chegar aos resultados, o EY entrevistou cerca de 2,5 mil pessoas nos EUA.


A Maldição da Residência Hill e Making a Murderer estão entre as séries da Netflix mais maratonadas nos EUA

O estudo foi feito em parceria com Associação Nacional dos Donos de Cinemas, que são críticos dos lançamentos limitados da Netflix nas telonas.

“A mensagem aqui é que não há uma guerra entre o streaming e os cinemas. Pessoas que amam conteúdo assistem em todos lugares e todas plataformas estão em suas mentes”, garantiu o diretor da organização, Phil Contrino.

Um fato interessante é que o estudo também mostra o efeito contrário. Pessoas que não vão ao cinema, raramente consomem conteúdo em plataformas de streaming.