A compra da Fox pela Disney e sua fusão completa deve terminar até o início de março desse ano, de acordo com informações da revista Variety.

The Mandalorian | Novo rumor revela duração dos episódios da série do Disney+

O negócio entre as empresas está demorando para ser finalizado pois a Disney também é dona da ESPN, e teve que vender várias emissoras de esportes regionais para a aprovação regulatória. A compra não inclui a emissora Fox News, a rede FOX e vários outros bens que continuarão sob a tutela da empresa de Rupert Murdoch.


A Disney adquiriu a Fox por cerca de 71 bilhões de dólares, uma das maiores transações já realizada na indústria do entretenimento.

Além de adquirir a Fox, a Disney ainda está comprando 60% do Hulu. No próximo ano, a casa do Mickey Mouse ainda lançará o seu próprio serviço de streaming, o Disney +.

A NBC não detalhou o que ainda falta para o acordo ser concluído. O que se sabe é que a compra foi aprovada nos Estados Unidos e em países como a China.

No Brasil, o Cade, o Conselho Administrativo da Defesa Econômica, está analisando a fusão entre as empresas desde julho de 2018. No país, a Warner Bros tenta barrar a fusão alegando que ela irá criar um duopólio no mercado de canais esportivos, já que a ESPN e a Fox Sports passariam a pertencer a uma mesma companhia.