Mais de uma década após sua última temporada na HBODeadwood está retornando com um filme e Ian McShane pode nos dizer o que esperar.

McShane, que interpreta o chefão de Deadwood, Al Swearengen, falou com o Deadline que o longa-metragem mostrará os personagens da série lidando com a forma como as coisas mudaram. Outras surpresas devem acontecer.

Deadwood está comemorando Dakota do Sul como um estado, e Hearst e Alma voltaram à cidade, então você tem todos os personagens principais convergindo sobre como eles mudaram em dez anos. Agora Hearst quer colocar telégrafos na cidade, o que não está indo muito bem. Al exagerou um pouco ao longo dos anos. Há uma surpresa para Trixie e Star.”


“Isso acaba deixando você pensando”, continuou. “Se fizer US$ 115 milhões, a HBO de alguma forma encontrará uma maneira de fazer uma continuação.”

Deadwood | Filme inspirado na série da HBO ganha previsão de estreia

“Os personagens da série são reunidos depois de dez anos para celebrar a criação do estado da Dakota do Sul. Rivalidades antigas ressurgem, alianças são testadas e velhas feridas são reabertas e todos devem navegar as inevitáveis mudanças que a modernidade e o tempo trouxeram”, diz a sinopse oficial.

Além de Olyphant e McShane, também retornam Molly Parker (Alma Ellsworth), Paula Malcomson (Trixie), John Hawkes (Sol Star), Anna Gunn (Martha Bullock), Dayton Callie (Charlie Utter), Brad Dourif (Doc Cochran), Robin Weigert (“Calamity” Jane Canary), William Sanderson (E.B. Farnum), Kim Dickens (Joanie Stubbs) e Gerald McRaney (George Hearst).

Exibida originalmente entre 2004 e 2006, Deadwood era um faroeste situado no final dos anos 1800 e acompanha, por meio de uma visão realista, as vidas dos moradores de uma pequena cidade de Dakota do Sul, mergulhada em crimes e corrupção.

Apesar do status de série cult, Deadwood teve apenas três temporadas e 36 episódios produzidos. No final de 2017, a HBO havia confirmado que estava começando a desenvolver um filme sobre o seriado.

David Milch, criador da série, assinou o roteiro. A direção fica com Daniel Minahan, que dirigiu quatro episódios no seriado.