A compra da Fox pela Disney será um grande evento no mundo do entretenimento, mas também será prejudicial para alguns milhares de empregados da empresa.

De acordo com novo relatório do The Hollywood Reporter nesta quarta-feira (6), a fusão entre os dois estúdios deve resultar em cerca de 4.000 demissões

“A Disney prometeu US$ 2 bilhões em economia de custos, então mais de 4.000 demissões são esperadas (mas o analista Rich Greenfield coloca esse número em 5.000 a 10.000). É difícil prever demissões dentro do estúdio de cinema da Fox, que tem cerca de 3.200 empregados, mas cortes são esperados em divisões como marketing, distribuição e home entertainment”, afirma o THR.


The Mandalorian | Novo rumor revela duração dos episódios da série do Disney+

A Disney adquiriu a Fox por cerca de 71 bilhões de dólares, uma das maiores transações já realizada na indústria do entretenimento.

Além de adquirir a Fox, a Disney ainda está comprando 60% do Hulu. Em 2019, a casa do Mickey Mouse ainda lançará o seu próprio serviço de streaming, o Disney +.

No Brasil, o Cade, o Conselho Administrativo da Defesa Econômica, está analisando a fusão entre as empresas desde julho de 2018. No país, a Warner Bros tenta barrar a fusão alegando que ela irá criar um duopólio no mercado de canais esportivos, já que a ESPN e a Fox Sports passariam a pertencer a uma mesma companhia.