O reboot de Hellboy nos cinemas está sendo massacrado pela crítica, e parece que a situação não foi tão diferente nos bastidores da produção.

De acordo com uma extensa matéria do The Wrap, o diretor Neil Marshall se viu em constante conflito com dois dos produtores do filme: Lawrence Gordon e Lloyd Levin. Os confrontos criativos se alastraram por diversas etapas da produção, incluindo com o ator David Harbour e a direção de fotografia.

De acordo com o site, Marshall havia contratado seu fotógrafo habitual, Sam McCurdy, para trabalhar no filme. Ele foi demitido pela produção simplesmente porque sua visão (e a de Marshall) não batia com a do estúdio, sendo substituído por Lorenzo Senatore.


Outro conflito curioso na produção envolveu discussões pelo visual de uma árvore simbólica na trama. Marshall queria uma forma mais assimétrica, enquanto Gordon e Levi insistiam em um design simétrico. Assim que Marshall entregou o primeiro corte, o filme não lhe pertenceu mais – sendo alterado de diversas formas pela produção.

David Harbour estrela o reboot de Hellboy, que conta com direção de Neil Marshall (Abismo do Medo) e uma abordagem mais próxima dos quadrinhos de Mike Mignola.

O elenco ainda conta com Milla Jovovich, que será Ganeida, uma poderosa feiticeira, Daniel Dae Kim como o Major Ben Daimio e Sasha Lane como Alice Monaghan, o novo interesse amoroso do anti-herói.

A estreia de Hellboy está marcada para 16 de maio.