Borat 2 (Borat: Subsequent Moviefilm) mal estreou e já causa polêmica em razão de uma cena entre o ex-prefeito de Nova York, Rudy Giuliani, e uma atriz de 24 anos, que interpreta a filha de 15 anos de Borat.

A cena comprometedora mostra Giuliani, que atualmente é advogado do presidente estadunidense Donald Trump, aparentemente abrindo sua calça em um quarto de hotel. Presente estava a atriz Maria Bakalova, que interpretava uma jornalista que entrevistava Giuliani.

Depois de convidar o advogado de Trump para o quarto, ele chega a se deitar, indo colocar as mãos na calça e Borat entra, de repente, no quarto. “Ela tem 15 anos. Ela é velha demais para você”, diz Borat, interpretado por Sacha Baron Cohen.


A defesa

Em vídeo publicado na conta oficial do Twitter de Borat, vemos o ator caracterizado como o icônico personagem defendendo o ex-prefeito, de forma hilária.

“Estou aqui para defender o prefeito americano Rudolph Giuliani”, começa Borat. “Um sexy encontro inocente entre um homem com consentimento e minha filha de 15 anos foi transformado em algo nojento pela mídia das fake news”.

“Estou avisando vocês, se alguém mais tentar fazer isso, Rudolph não vai hesitar em pegar seus documentos legais e colocar para fora suas intimações”, continua Borat, no vídeo.

Em publicação no seu próprio Twitter, Rudy Giuliani chegou a se defender, alegando que estava apenas colocando sua camisa para dentro da calça.

“O vídeo de Borat é completamente falso. Eu estava colocando minha camisa para dentro depois de tirar o equipamento de gravação. Em momento algum, durante, ou após a entrevista eu fui inapropriado. Se Sacha Baron Cohen dizer o contrário, então ele será um mentiroso”.

Em todo caso, essa polêmica deve continuar nas mídias por um bom tempo, visto que o filme acabou de estrear.

Borat Subsequent Moviefilm já está disponível na Amazon Prime Video.