No outono de 1979, um grupo de atores desconhecidos, um diretor desesperado por um sucesso e um visionário de efeitos especiais se reuniram na floresta de Nova Jersey para criar uma lenda.

Sexta-Feira 13 deveria ser um simples exercício de bom negócio cinematográfico, um filme que faria dinheiro graças à manipulação inteligente do gênero de terror e alguns sustos sangrentos.

Em vez disso, tornou-se um momento decisivo na produção de filmes de terror, um marco que inspirou incontáveis imitadores e quase uma dúzia de sequências.


Hoje, Sexta-Feira 13 é um clássico essencial, mas o caminho para o sucesso não foi exatamente fácil.

Para celebrar o filme, e sua produção frequentemente tumultuada, aqui está um curioso fato sobre o nascimento da lenda de Jason Voorhees.

Acampamento da vida real

O acampamento Crystal Lake é, na verdade, o acampamento No-Be-Bo-Sco, um acampamento totalmente operacional ao qual o elenco e a equipe de Sexta-Feira 13 tiveram acesso depois que os campistas partiram para o verão de 1979.

Ele ainda está em uso hoje. O acampamento fica em Hardwick, Nova Jersey, e é constantemente visitado por fãs de Sexta-Feira 13. Como a procura é alta, existe até um site para reservar ingressos para uma excursão pelo acampamento, que você pode acessar clicando aqui.

A franquia Sexta-Feira 13 se concentra principalmente no personagem fictício Jason Voorhees, que se afogou quando menino no acampamento Crystal Lake devido à negligência da equipe do local.

Décadas depois, dizem que o lago está “amaldiçoado” e é o cenário de uma série de assassinatos em massa.

No Brasil, filmes da franquia Sexta-Feira 13 estão agora disponíveis para compra ou aluguel em plataformas de streaming como YouTube e Google Play Filmes.